Mochilas escolares: fique atento ao peso!

Fevereiro é o mês de volta às aulas e a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia criou uma campanha de conscientização de pais e alunos quanto ao peso da mochila. Confira as dicas e evite lesões.

FIQUE ATENTO AO PESO E AO MODELO
1- O peso da mochila não deve ultrapassar 10% do peso da criança;
2- Materiais mais pesados devem ser colocado no centro e próximo às costas;
3- Escolha mochilas de alças acolchoadas, firmes e reguláveis, com largura mínima de 4cm;
4- Modelos com cinto abdominal ajudam a equilibrar o peso.

MOCHILAS PESADAS PODEM CAUSAR DORES E LESÕES
1- Pescoço: ao projetar o pescoço para frente, os ligamentos são pressionados, causando dores;
2- Ombros: o peso pode sobrecarregar as articulações e os músculos;
3- Lombar e quadril: a inclinação para compensar o peso da mochila resulta em dores lombares e no quadril;
4- Joelho: a mudança de postura ao caminhar pode ocasionar dores no joelho.

COMO ESCOLHER A MELHOR MOCHILA
1- Materiais: prefira mochilas feitas especialmente para crianças, pois possuem material mais leve;
2- Comprimento: deve ser do tamanho do tronco da criança. A parte inferior deve ficar até 5 cm abaixo da linha da cintura;
3- Junto ao corpo: o espaço entre a mochila e o corpo da criança deve ser mínimo.

Fonte: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *